Pular para o conteúdo principal

A propósito do debate história e política

O novo presidente do Peru, Pedro Castillo, um professor de ensino primário que não nega suas origens, disse em seu primeiro discurso oficial que não vai governar do palácio presidencial. O motivo é simples.

Foto de Pedro Castillo nomeado

Foto de Pedro Castillo

O palácio presidencial peruano é uma herança do período colonial – correto seria dizer: do período de invasão – Ela foi residência de ninguém menos que Francisco Pizarro, um dos principais oficiais a serviço da coroa, responsável pelo extermínio da população original local. Castillo que pretende fazer um governo para seu povo, considera inconciliável fazer isso, trabalhando desde a Casa de Pizarro. O palácio será a partir de agora um museu nacional, onde se apresentará a história do país desde sua origem até hoje. Atos simbólicos como esse não buscam mudar a história. Eles demonstram justamente o contrário, uma profunda consciência histórica que busca colocar os pingos nos is.

Comentários

Comments powered by Disqus
Share