Pular para o conteúdo principal

CPI sobre o COVID-19 desmoralizada

Essa semana a Comissão Parlamentar de Inquérito conduzida no senado para apurar as condições que levaram ao número de mortes que se aproxima de 500000 brasileiros recebeu os depoimentos do gerente da Pfizer da América Latina, do ex secretário de comunicações do governo e do diretor da Anvisa.

Renan discute com Flávio Bolsonaro

Seção da CPI transmitida pela TV Senado

Diretor da Anvisa

O diretor da Anvisa Antonio Barra Torres, um almirante, em depoimento à CPI não foi confrontado em relação às principais irregularidades na decisão da Anvisa em não aprovar a vacina desenvolvida na Rússia contra o COVID-19, a Sputnik V. Não houve medição realizada pela própria Anvisa da quantidade de RNA recombinante. A decisão foi baseada nos documentos fornecidos pelo instituto que desenvolveu a vacina Russa. O instituto afirma que o número informado pela Anvisa não bate com os documentos que eles enviaram. A Anvisa não refutou artigo publicado na revista [Lancet], baseada no Reino Unido, em que a eficácia da vacina russa foi averiguada.

Os que defenderam a Anvisa não tiveram o trabalho ou a capacidade de buscar estudos que refutassem a publicação na Lancet. O grande cientista Aécio Neves talvez desconheça o método científico, mas ele aprovou a decisão da Anvisa.

O processo de aprovação da vacina feita pela Astra Zeneca foi o mesmo aplicado sobre a vacina Sputnik V?

Fabio Wajngarten

O homem de família e muita fé muito preocupado com a população brasileira mentiu na CPI e não foi preso. Como se precisássemos de mais provas que os parlamentares do "centro democrático" ou da centro-direita não tem nenhuma intenção real em combater o bolsonarismo e retirar o genocida da casa de vidro.

Gerente da Pfizer da América Latina

Ficou claro no depoimento do comerciante de vacinas que era possível o Brasil ter adquirido ao menos mais 4 milhões de vacinas caso o governo federal se importasse minimamente com a população brasileira.

A CPI morna é mais uma farsa para seguir paralisando a esquerda.

Lancet

https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-67362100191-4/fulltext

Comentários

Comments powered by Disqus
Share