Pular para o conteúdo principal

Energia Nuclear, Energia Limpa: Fator de capacidade

Com a intensificação dos fenômenos climáticos anormais, como as baixas temperaturas e neve no Texas, recentemente planos como o Green New Deal apoiado por muitos progressistas norte americanos tem ganhado mais apoio e destaque na mídia. Dentro do Green New Deal contudo, a fonte de energia com maior fator de capacidade não foi contemplada.

Torres de refrigeração de um reator nuclear.

Torres de refrigeração de um reator nuclear.

Esse artigo é o primeiro de uma pequena série feitos na tentativa de ampliar e qualificar melhor o debate sobre fontes de energia limpas.

Fator de capacidade

É um valor calculado a partir da energia produzida anualmente comparada com a energia sendo produzida momentaneamente anualizada (1 ano contém 8760 horas). \(\mathrm{Fator \hspace{0.12cm} de\hspace{0.12cm} Capacidade} = \frac{\mathrm{Energia\hspace{0.12cm} Anual}}{\mathrm{Potência} \times 8760}\)

Quando comparamos o fator de capacidade de várias fontes de energia diferentes fica claro que a energia nuclear tem o maior rendimento levando em conta as tecnologias mais atuais.

Comparação dos fatores de capacidade de fontes de energia diferentes.

Comparação dos fatores de capacidade de fontes de energia diferentes.

Comparação dos fatores de capacidade de fontes de energia renováveis diferentes.

Comparação dos fatores de capacidade de fontes de energia renováveis diferentes.

Observando apenas o fator de capacidade das fontes de energia renováveis como solar, eólica e hídrica fica visível as várias dependências do ambiente: quantidade de chuva, quantidade vento, horas de exposição ao sol.

Dióxido de Carbono

Além da quantidade de energia produzida por fonte e a estabilidade de produção também é fundamental considerar a quantidade de dióxido de carbono que acaba sendo emitida durante a construção e operação de uma usina de geração de eletricidade dependendo da fonte.

Comparação das quantidades de dióxido de carbono emitida na geração de eletricidade dependendo da fonte.

Comparação das quantidades de dióxido de carbono emitida na geração de eletricidade dependendo da fonte.

Obviamente a campeã na emissão de dióxido de carbono são as usinas termoelétricas que utilizam combustíveis fósseis na produção de eletricidade, como o carvão ou o gás natural. Mas também vemos a energia nuclear com a menor emissão de dióxido de carbono.

Área utilizada

O fator final de comparação das fontes de energia é a área necessária na construção e operação de usinas de geração de eletricidade por energia produzida.

Comparação das áreas utilizadas na construção e operação de usinas de geração de eletricidade dependendo da fonte.

Comparação das áreas utilizadas na construção e operação de usinas de geração de eletricidade dependendo da fonte.

Esse gráfico tem uma informação impactante especialmente para o Brasil que faz uso extensivo de energia hidroelétrica. A fonte hídrica é renovável e tem baixas emissões de dióxido de carbono, contudo, necessitam de grandes áreas alagadas para produzir eletricidade. Mais uma vez a energia nuclear tem uma das menores áreas utilizadas por energia produzida.

No próximo artigo vamos explorar os casos da França e da Alemanha. Ambos países desenvolvidos industrializados, mas, a Alemanha tem diminuído sistematicamente o uso de fontes nucleares para a produção de energia.

Comentários

Comments powered by Disqus
Share