Pular para o conteúdo principal

Brasileiro sofre enforcamento sob custódia do centro de detenção de imigrantes

O Brasileiro Leal Jardel Fujinaga de 32 anos sofreu enforcamento por um dos guardas do centro de detenção de imigrantes do Leste do Japão na cidade de Ushiku na província de Ibaraki.

Comprovante do exame médico que verificou o enforcamento.

Foto do comprovante médico que comprovou as evidências de enforcamento.

Segundo o grupo de advogados envolvidos na defesa dos direitos básicos dos imigrantes Leal estava sentado numa das escadas do centro de detenção e um guarda o enforcou por trás. Leal jogava bola no espaço para prática de esportes e foi buscar a bola que havia escapado. Isso aparentemente não foi verdade.


O guarda posteriormente pediu desculpas à Leal pedindo para ele não fazer "brincadeiras" mais uma vez.

O grupo de advogados requisitou que a administração do centro de detenção pague a quantia de 1 milhão de ienes (10000 dólares) como restituição pela agressão.


Essa agressão é mais um de uma longa lista. No mesmo centro de detenção já morreram outros imigrantes por inanição ou suicídio. As explicações da administração do centro de detenção são baseadas na saúde psicológica dos detentos. O caso mais famoso foi a estudante do Sri Lanka que estava renovando seu visto e morreu enquanto detida esperando a renovação do seu visto.

Foto de Wishma Sandamali.

Foto Wishma Sandamali, estudante do Sri Lanka que morreu no mesmo centro de detenção.

Comentários

Comments powered by Disqus
Share